Em formação

Educar a vontade das crianças

Educar a vontade das crianças

Faça as crianças saberem controle sua força de vontade e ter a capacidade e o preparo para enfrentar as dificuldades e os desafios de cada dia, não é tão fácil, embora se os pais os educem neste sentido desde muito pequenos não seja tão difícil.

As crianças devem aprender a controlar seus impulsos, desejos e vontades desde muito cedo. Eles aprenderão que só com o esforço é alcançado e alcançado o que se propõe. Para isso, é necessário que as crianças conheçam seus pontos fortes por meio da motivação positiva. Isso vai promover, aos poucos, boa autoestima, maturidade e responsabilidade.

Exigir também custa. A capacidade para atender às necessidades dos pais e professores marcará, em grande medida, o desenvolvimento da capacidade de trabalho e esforço, e as virtudes das crianças. Exigir que os filhos controlem sua vontade também exige esforço. Você não pode exigir que a criança aprenda a se controlar durante a noite. Leva tempo, paciência, renúncias e sacrifícios. No entanto, sem esse esforço, nada será realizado com crianças.

Na sociedade de hoje, é muito normal em muitas famílias os pais tentarem impedir que seus filhos sofram ou se esforcem demais. Querem, é claro, uma vida melhor para os filhos, com menos exigências e mais conforto. O que acontece é que eles acabam protegendo demais os filhos. Dessa forma, você não os está ensinando a superar suas dificuldades, a superar os problemas ou a lutar pelo que desejam.

Para que um bom hábito se transforme em virtude é necessário que os filhos entendam o que fazem e por que o fazem, bem como como o fazem, seja com esforço ou simplesmente exigindo dos pais sem controlar sua vontade. As virtudes e valores são aqueles que podem ajudar a criança a controlar sua vontade e promover o esforço. Seguem algumas dicas que podem ser aplicadas no dia a dia da família:

1- Que as crianças terminem o dever de casa ou dever de casa antes de ir brincar;

2- Motive positivamente seus bons comportamentos e tente conversar com eles (positivamente) sobre os maus comportamentos;

3- Reconhecer o seu interesse e o seu esforço (matar a sede na viagem, terminar o dever de casa, deixar a roupa pronta para a noite ...);

4- Dê exemplos (de não reclamar, de ser decisivo, de disciplina, de empenho ...)

5- Nunca diga frases negativas como "você é um desastre", "você está impaciente", etc.

Fonte consultada:
- Ensino Atual.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Educar a vontade das crianças, na categoria de Conduta no local.


Vídeo: Utdanning for fremtiden - Barna tar ansvar for skolen (Janeiro 2022).